13 de março de 2008

Portador de Deficiência Auditiva, Deficiente Auditivo, Surdo-Mudo ou Surdo?

De acordo com Sassaki (2005), para que uma pessoa seja portadora de algo, ela também deve ter a possibilidade de não portá-lo, seja deliberadamente ou casualmente. Isto é, a condição da pessoa ter uma deficiência faz parte dela.

O termo deficiência auditiva refere-se à incapacidade parcial ou total da audição. Entretanto, para a comunidade Surda, este termo está vinculado àqueles que não participam de Associações e não sabem Língua de Sinais. Algumas pessoas com perda parcial da audição se auto denominam como tendo uma deficiência auditiva, não gostando de serem chamados de surdos.

Segundo a Federação Nacional de Surdos (FENEIS), a nomenclatura mais antiga e incorreta utilizada é a de surdo-mudo. O fato de uma pessoa ser surda, não significa que ela seja muda.

No Brasil, surdo é o indivíduo que possui uma audição não funcional para todos os sons e ruídos do ambiente, impedindo-o de adquirir, naturalmente, a língua oral/auditiva e compreender a fala através do ouvido. Os surdos possuem uma identidade, uma cultura e uma língua. Para eles, o surdo não possui uma deficiência, mas sim, uma outra língua.

Para saber mais:

SÁ, Nídia Limeira. Os Estudos Surdos. Cultura, poder e educação de surdos. São Paulo: Paulinas, 2006.

SASSAKI, Romeu Kazumi. Vida Indepentente: história, movimento, liderança,conceito, filosofia e fundamentos. São Paulo: RNR, 2003.

Imagem:

http://news.bbc.co.uk/olmedia/1800000/images/
_1803505_deafness150.jpg

Um comentário:

GARGULITE disse...

MEU NOME É MARCO BAZETE E COMANDO UMA ONG:
MAGÊ-MALIEN ''CRIANÇAS QUE BRILHAM'' QUE ATENDE À CRIANÇAS E ADOLESCENTES DE COMUNIDADES CARENTES.

PRETENDO ATENDER TAMBÉM À UM OUTRO SEGMENTO: OS ESPECIAIS, MAS ANTES DE MAIS NADA VOU ME MUNIR DE INFORMAÇÕES E ACABAR COM QUALQUER DÚVIDA QUE EU TENHA, BEM COMO SABER DE DETALHES OU ALGO MAIS RELEVANTE.

UMA DELAS É QUANTO AS NOMENCLATURAS USADAS, AS ANTIGAS E PRINCIPALMENTE AS NOVAS.
ESTOU FAZENDO UMA PESQUISA DE CAMPO, SE É QUE POSSO DIZER ASSIM.

PRETENDO TAMBÉM, ASSIM QUE EU TIVER UMA OPORTUNIDADE VOLTAR ÉSTUDAR E NÃO SÓ FICAR NA PESQUISA, PARA QUE EU POSSA DIZIMAR COM DÚVIDAS E A FALTA DE CONHECIMENTO.
ANTECIPADAMENTE AGRADEÇO À INFORMAÇÃO, POIS SERÁ DE MUITA VALIA NESSE MEU NOVO TRABALHO QUE PRETENDO REALIZAR.
MEU CORAÇÃO EXPLODE DE ALEGRIA, AO PENSAR QUE POSSO REALIZAR.
VOU ME TRANSFERIR DE MUNICÍPIO, MEUS TRABALHOS CERTAMENTE TAMBÉM TERÃO QUE MUDAR, PRINCIPALMENTE OS DE COMUNIDADE CARENTE.
POR ISSO RESOLVI ATENDER AOS ESPECIAIS À QUEM EU AMO MUITO.

Marco Bazete - GÁRGGULA

SITE: www.arteccom.com.br/ong
BLOG: www.criancasquebrilham.blogspot.com